terça-feira, 18 de outubro de 2011

a estranha visão do irmão Dong sobre APOCALIPSE 12


Notas 64-69 – A Estranha "Visão" do Irmão Dong Sobre Apocalipse 12

Um importante tema no ensinamento de Dong Yu Lan, nos últimos anos, tem sido sua "visão" apocalíptica de Apocalipse, na qual a América do Sul exerce um papel central como o deserto. Esse ensinamento não é apenas fantasioso e errôneo, é também perigoso, visto que ele muda a ênfase da interpretação da profecia a respeito da mulher universal e do filho varão em Apocalipse, da preparação com vistas à volta do Senhor para uma consideração que a América do Sul ficará intocada pela tribulação vindoura.

64O Ensinamento de Dong Yu Lan que a América do Sul Será "o Deserto" em Apocalipse 12

Dong Yu Lan, Alimento Diário: Os Escritos de João – As Quatro Grandes Visões de João, Semana 6, Sábado:
Há cerca de vinte e cinco anos o irmão Lee já falou que essa águia já estava recolhendo as asas para pousar. E podemos dizer, segundo o mapa múndi, que ela pousará na América do Sul. Então aqui é o deserto. De acordo com a profecia bíblica, o deserto é o lugar para a mulher se refugiar nos três anos e meio da grande tribulação. Embora nosso anelo é ser vencedores e arrebatados antes da grande tribulação, podemos dizer que a América do Sul é o lugar que Deus deu para a mulher universal. Cremos que Deus realmente abençoa a América do Sul por causa dessa visão.
Existem muitas fotos da apocalíptica "visão de Apocalipse 12" do irmão Dong. As que aparecem abaixo são exemplos típicos (ver também nota 65 e nota 66):
Mapa-múndi mostrando a América do Norte como uma águia, a Europa e a Ásia como um dragão, a África como um feto e a América do Sul como um cacho de uvas.
Clique num mapa para ampliar.
Dong Yu Lan, Alimento Diário: Os Escritos de João – As Quatro Grandes Visões de João, Semana 6, Sábado:
Em Apocalipse 12 temos vários símbolos importantes, como a mulher, o dragão, o filho varão, a grande águia e o deserto. Nos versículos 13 e 14 lemos: "Quando, pois, o dragão se viu atirado para a terra, perseguiu a mulher que dera a luz o filho varão. E foram dadas à mulher as duas asas da grande águia, para que voasse até o deserto, ao seu lugar, ali, onde é sustentada durante um tempo, tempos e metade de um tempo, fora da vista da serpente." Ao estudar esse trecho, o irmão Lee chegou a dizer que a América do Norte é um lugar deserto, que o símbolo dos Estados Unidos é a águia, e as duas asas são os dois oceanos, o Atlântico e o Pacífico. Além disso, se olharmos o mapa múndi, podemos delinear um grande dragão nos contornos da Europa. Podemos, então, dizer que a águia é a América do Norte e o dragão é a Europa. Há cerca de vinte e cinco anos o irmão Lee já falou que essa águia já estava recolhendo as asas para pousar. E podemos dizer, segundo o mapa múndi, que ela pousará na América do Sul. Então aqui é o deserto. De acordo com a profecia bíblica, o deserto é o lugar para a mulher se refugiar nos três anos e meio da grande tribulação. Embora nosso anelo é ser vencedores e arrebatados antes da grande tribulação, podemos dizer que a América do Sul é o lugar que Deus deu para a mulher universal. Cremos que Deus realmente abençoa a América do Sul por causa dessa visão.
Dong Yu Lan, Alimento Diário: Praticando o Livro de 1 e 2 Tessalonicenses – Estaremos para Sempre com o Senhor, Semana 4, Sábado:
O Diabo irá atrás da mulher, que fugirá para o deserto, onde será sustentada durante a grande tribulação (Ap 12:14). Há cerca de vinte anos tivemos a visão da águia e do dragão, que pelejam um contra o outro. O irmão Lee falava na época do Estudo-Vida de Apocalipse, que o dragão refere-se à Europa e as duas asas da grande águia aos Estados Unidos. E provavelmente o deserto seja a América do Sul. Por isso temos o encargo de pregar o evangelho em todas as cidades neste continente e preparar o lugar para que todos os cristãos que não forem arrebatados tenham para onde fugir na grande tribulação.
Dong Yu Lan, Conferência Internacional na Estância Árvore da Vida, 6 de fevereiro de 2008, Mensagem 10:
Nós, na América do Sul – o que é a América do Sul? A América do Sul é o deserto, o lugar que o Senhor concedeu à mulher universal, o lugar que Deus deu às igrejas. Dessa forma, esse é lugar onde Deus guardará a mulher pelos três anos e meio da grande tribulação.
Clique no ícone para ouvir um trecho do áudio desta mensagem.
Pedro Dong, Conferência de Jovens, Estância Árvore da Vida, 12 de janeiro de 2008, Mensagem 6:
O Senhor nos deu aquela visão de Apocalipse 12, de que aqui na América do Sul é uma terra que é deserto do povo de Deus, para receber o povo de Deus, durante a grande tribulação que virá. Então, com essa visão nós pegamos encargo para tomar essa terra para o Senhor, porque o Senhor, em Apocalipse 12, disse que essa terra é da mulher.
Clique no ícone para ouvir um trecho do áudio desta mensagem.
Dong Yu Lan, Conferência Internacional na Bolívia, Reunião Especial em El Alto, 3 de novembro de 2008:
O Senhor nos tem mostrado que a América do Sul será o deserto. Será o lugar onde a mulher universal vai ser salva por três anos e meio durante a grande tribulação. Por três anos e meio, a igreja, essa mulher universal que será sustentada aqui, não sofrerá os efeitos da grande tribulação. A América do Sul é o lugar preparado por Deus para a mulher universal. Graças ao Senhor!
Clique no ícone para ouvir um trecho do áudio desta mensagem.
Ezra Ma, Mensagem em Jundiaí, Brasil, 27 de setembro de 2008:
As Américas estão mais protegidas, mas não folguem com isso. Você sabe, hoje qualquer coisa da economia que acontece, acontece aqui também, então aqui vai virar um deserto. Onde é esse deserto? Há alguns anos atrás nós pensávamos: talvez o deserto seja os Estados Unidos. Então nós vamos ler aqui, pra explicar pra vocês. Quando Satanás, o dragão, começa a perseguir a mulher, daí fala no versículo 14: "Deus deu para a mulher as duas asas da grande águia para que voasse até o deserto ao seu lugar", o lugar dela, da igreja, onde é sustentada por "um tempo", um tempo quer dizer um ano, "tempos", no plural, é mais dois anos e "metade de um tempo", meio ano. Então, um ano, mais dois anos, mais meio ano, são quantos? Três anos e meio, que são exatamente mil duzentos e sessenta dias. Então é sustentada por um tempo, tempos e metade de um tempo fora da vista do dragão.
Vai ter um lugar que Deus preparou, ou está preparando, para a igreja ser guardada, e vai usar as duas asas da grande águia. Quem é a águia? É Deus. E as asas da águia representam o poder resgatador de Deus. Deus fala isso em Deuteronômio. Ele fala que Ele é essa grande águia que levou o povo de Israel nas suas asas, tirou eles do Egito, tirou eles de um lugar para outro, para protegê-los. Então Deus vai ser águia, com as asas. Mas Deus usa países. Qual é o país onde tem por símbolo a águia? Estados Unidos. Então vocês viram no convite, tudo, pintado nos carros ali, um quadro da águia e do dragão. O dragão na Europa e a águia nos Estados Unidos. Então o dragão representa o Anticristo, que é um com Satanás, o dragão. A besta vai operar principalmente na Europa. E Deus é a grande águia que vai usar suas asas para resgatar o Seu povo. É muito provável que Deus vai usar o Estados Unidos para levar o Seu povo para o deserto.
Muitos anos atrás a gente pensava que esse deserto talvez fosse os Estados Unidos, mas hoje está ficando cada vez mais evidente que esse deserto muito provavelmente seja a América do Sul, principalmente o Brasil. Olha só, a crise econômica nos Estados Unidos. Os Estados Unidos está indo ladeira abaixo agora, e o Brasil tá subindo. Brasil é o único lugar do mundo onde se pode produzir alimento em grande escala. Os Estados Unidos já está saturado. Brasil é o único lugar ainda onde se pode produzir mais leite, mais cereais. É o único lugar onde tem combustível, tem muita coisa sendo descoberta, e o Brasil hoje tá na liderança em biocombustíveis. O Brasil está subindo. Deus está preparando o Brasil. Deus está preparando a América do Sul. Então nós estamos aqui, mas nós precisamos preparar esse lugar, não para ficar, irmãos. Para ser arrebatados. E deixar pra quem for ficar. Inclusive, eu quero ser arrebatado. Tenho na minha casa uma coleção de centenas desses livros. Eu dou de presente pra quem quiser.
Clique no ícone para ouvir um trecho do áudio desta mensagem.

65O Ensinamento de Dong Yu Lan que a Europa e a Ásia Correspondem ao Dragão em Apocalipse 12

Fotos do irmão Dong e do mapa-múndi mostrando a Europa e a Ásia como o dragão e a América do Norte como a águia.
Clique numa imagem para ampliar.
Dong Yu Lan, Estudo Diário de Apocalipse: O Filho Varão, pp. 22-23:
Em Apocalipse 12 a serpente ficou irada (v. 12b) e arrojou da boca água como um rio a fim de tragar a mulher (v. 15), mas a terra engoliu o rio (v. 16). O mapa múndi dá a entender essa profecia e seu processo: a porção seca surgiu das águas e, pela movimentação geológica, repartiu-se no que são hoje os diferentes continentes. Do ponto de vista da Bíblia, as separações geológicas ocorreram por causa dessa mulher universal, cuja parte principal sempre esteve, historicamente, na região da Palestina, perto do Mediterrâneo. Ela sofre dores de parto e dá à luz o filho varão, que é arrebatado ao trono, no céu. O dragão, então, começa a persegui-la e a ela são dadas as duas asas da grande águia para voar e fugir para o deserto, que, de acordo com o desenho do mapa terrestre, deve ser a América do Sul, uma vez que a América do Norte se assemelha a uma águia pronta para pousar. A Europa, por outro lado, incluindo a parte da Ásia que engloba a China, assemelha-se a um dragão. A boca desse animal, de onde saiu água como um rio para tentar afogar a mulher, pode ser visualizada perto do estreito de Gibraltar, na Espanha, onde há um mar indo em direção aos grandes oceanos. Deus preparou tudo, para o cumprimento do que está registrado em Apocalipse 12.
A interpretação do irmão Dong que a Europa com a Ásia correspondem ao dragão, e que a América do Norte, à águia, tem sido parte do ensinamento público do irmão Dong, pelo menos no ano 2000. Naquele ano, o irmão Dong publicou um guia de estudo contendo sua interpretação de Apocalipse 12 com o mapa abaixo (Nota: Este primeiro mapa não retrata a África como um feto/filho varão ou a América do Sul como um cacho de uvas como o mapa posterior o faz):
(Fonte: Estudo Diário de Apocalipse: O Filho Varão, p. 22)
O texto que acompanha diz:
Em Apocalipse 12 a serpente ficou irada (v. 12b) e arrojou da boca água como um rio a fim de tragar a mulher (v. 15), mas a terra engoliu o rio (v. 16). O mapa múndi dá a entender essa profecia e seu processo: a porção seca surgiu das águas e, pela movimentação geológica, repartiu-se no que são hoje os diferentes continentes. Do ponto de vista da Bíblia, as separações geológicas ocorreram por causa dessa mulher universal, cuja parte principal sempre esteve, historicamente, na região da Palestina, perto do Mediterrâneo. Ela sofre dores de parto e dá à luz o filho varão, que é arrebatado ao trono, no céu. O dragão, então, começa a persegui-la e a ela são dadas as duas asas da grande águia para voar e fugir para o deserto, que, de acordo com o desenho do mapa terrestre, deve ser a América do Sul, uma vez que a América do Norte se assemelha a uma águia pronta para pousar. A Europa, por outro lado, incluindo a parte da Ásia que engloba a China, assemelha-se a um dragão. A boca desse animal, de onde saiu água como um rio para tentar afogar a mulher, pode ser visualizada perto do estreito de Gibraltar, na Espanha, onde há um mar indo em direção aos grandes oceanos. Deus preparou tudo, para o cumprimento do que está registrado em Apocalipse 12. Estudo Diário de Apocalipse: O Filho Varão, pp. 22-23)
O irmão Dong e seus cooperadores tentam desviar objeções à sua interpretação de Apocalipse 12 alegando que isso não é um ensinamento. Por exemplo, em London, Canadá, o irmão Dong disse:
Essa visão é algo que temos visto de acordo com o mapa para nos encorajar a avançar. O Senhor não nos diz que a Europa é o dragão ou que a África é o filho varão; não, não, não. Apenas pegamos a visão, uma figura do mapa para nos encorajar. Apenas pegamos essas figuras de um mapa para nós a fim de aplicarmos essa visão então podermos avançar; não é uma revelação clara da Bíblia de que isso é isso, isso é isso, não, não, a Bíblia não nos diz de uma maneira muito, muito clara essas coisas. (Dong Yu Lan, Conferência em London, Canadá, 14 de outubro de 2007, Sessão de perguntas e respostas)
Quando ele se reuniu com alguns cooperadores em fevereiro de 2008, o irmão Dong disse:
Em 1987, quando o bater às portas começou a ser praticado em Taiwan, voltamos ao Brasil e começamos a praticar isso. Alguns dizem que eu tomei o assunto do dragão e a água como um ensinamento. Isso não está correto. De onde veio essa visão? O irmão Lee liberou mensagens sobre Apocalipse. Ele disse que o deserto é os Estados Unidos. O símbolo da América é uma água com duas asas. Essas duas asas o irmão Lee disse que são os dois oceanos, tanto no ocidente como no oriente. O irmão Lee falou isso baseado na Bíblia. Voltei e estudei suas mensagens, e eu também tive uma visão. A águia estava pousando. Olhei no mapa múndi e a aparência da América era como aquela águia. Essa águia não tem suas asas esticadas. A águia está pousando, não voando. Parece que a águia pousa sobre a América do Sul. Apocalipse diz que será dado para a mulher universal seu próprio lugar para ser alimentada mil duzentos e sessenta dias.
Mostrei o mapa para minha filha e lhe disse o que eu tinha visto. Ela disse: Pai, a Europa parece um dragão. Então notei que a África parece uma pequena criança, ou um feto no ventre de uma mãe. O irmão Lee também falou dos dez reis. Levei esse mapa para mostrar ao irmão Lee. Disse a ele: Eu acho que a águia pouse sobre a América do Sul e que a América do Sul seja o deserto. O irmão Lee disse: "Bom, mas não fale nada agora". Por vinte anos e não falei sobre isso, então, quando estudei Apocalipse, comecei a falar sobre isso. A África se parece com um feto com uma cabeça grande, a Itália se parece com uma língua, aguardando o filho varão nascer, para devorá-lo.
Depois, o filho varão nasce e o dragão lança para a terra água de sua boca para inundar a mulher. A terra abre sua boca para engolir a água. Eu interpretei isso como uma elevação da água no Mar Mediterrâneo e a abertura do estreito de Gibraltar para permitir a água sair. Compartilhei também que nós precisamos levantar vencedores na África para juntarem-se aos vencedores, os outros vencedores a serem arrebatados. Comecei falar isso em 2000. Então os irmãos começaram a ganhar encargo para ir para África.
Falei isso, mas não ensinei como um ensinamento. Isso é simplesmente um encorajamento, uma visão ampliada, não um ensinamento. (Dong Yu Lan, falando em uma reunião com os cooperadores em Cerritos, Califórnia, 19 de fevereiro de 2008)
Na realidade, o irmão Lee não disse que o mapa do irmão Dong era "bom". Antes, como o irmão Ron Kangas relatou na Conferência de Ação de Graças em 2007, em Boston, o irmão Lee disse: "Não mostre isto a ninguém". (Ministry Magazine, vol. 12, n.° 3, março de 2008, p. 163)
Em Taiwan, Ezra Ma disse em uma reunião de cooperadores:
Talvez alguém tirou uma foto e distribuiu isso na Internet, e, provavelmente seja necessário dizer-lhes que não façam isso. Mas isso não é o ensinamento do irmão Dong, ou uma verdade. (Ezra Ma, Comunhão com os cooperadores em Taiwan, 7 de novembro de 2007)
As alegações que a interpretação de Apocalipse 12 não é um ensinamento são insustentáveis. Ezra disse aos cooperadores em Taiwan: "Talvez alguém tirou uma foto". Na realidade, muito antes da afirmação dissimulada de Ezra aos cooperadores, o próprio irmão Dong publicou um mapa descrevendo sua interpretação de Apocalipse 12 em um guia de estudo tencionando ajudar os leitores a entender o livro de Apocalipse. Ezra disse: "Talvez alguém... distribuiu isso na Internet". Entrementes, o próprio irmão Dong usava esses mapas em suas conferências internacionais e outros lugares, e eles têm figurado proeminentemente em várias partes de sua obra (ver, por exemplo, a faixa do CEAPE na nota 64). Desde 2000, o irmão Dong e seus cooperadores têm repetido sua interpretação de Apocalipse 12 em muitas ocasiões, incluindo conferências aos jovens na Estância Árvore da Vida, bem como na África, Chicago, Nova Inglaterra e Peru, entre muitos outros lugares. Além do mais, esse ensinamento tem sido repetidamente impresso. Além do Estudo Diário de Apocalipse: O Filho Varão foi impresso em, no mínimo, A Visão Celestial e muitas edições do Alimento Diário, a publicação principal vendida aos santos que estão sob sua obra. Nem no falar nem nas publicações do irmão Dong citadas aqui existem quaisquer advertências dizendo que a interpretação do irmão Dong não é um ensinamento. Antes, tanto no falar quanto na impressão, sua interpretação grotesca baseada em sua "visão" tem sido apresentada como o significado verdadeiro da profecia em Apocalipse 12. O irmão Dong incitou os santos na América do Sul a ir para a África baseado nessa "visão", alegando que ele tinha "recebido essa revelação diretamente de Deus" (ver também notas 66 e 67). Portanto, as alegações que a interpretação do irmão Dong não é um ensinamento não são genuínas, mas são, ao contrário, planejadas para suprimir as preocupações com seu ensinamento errado, na esperança de que ele e seus cooperadores possam ficar livres para propagar suas estranhas interpretações. Esse tipo de pretensão é imprópria àqueles que reivindicam ser servos do Senhor.
(Ver também nota 64nota 66).

66O Ensinamento de Dong Yu Lan de que a África Assemelha-se a um Feto e Está Relacionada ao Filho Varão

Figura do feto sobreposto ao mapa da África.
Clique no mapa para ampliar.
Dong Yu Lan, Alimento Diário: Os Escritos de João – As Quatro Grandes Visões de João, Semana 6, Sábado:
Além disso, ao ver o contorno do mapa da África, notamos ali um feto. E isso nos deu o encargo de ajudar esse "filho" a nascer, pela pregação do evangelho nos países da África. Quando os vencedores em toda a terra estiverem prontos, eles serão arrebatados, e nós seremos arrebatados juntos. Precisamos ter encargo pela África, para que o filho varão seja gerado, e o mais rápido possível Cristo seja formado neles também.
Dong Yu Lan, Alimento Diário: Praticando o Livro de 2 Coríntios – A Visão que Paulo Viu, Semana 8, Terça-feira:
Quando tivemos a visão de pregar o evangelho na África, não consultamos carne e sangue. Alguns até pensaram: "Da África pode sair alguma coisa? Há vencedores na África? Não precisamos ir até a África." Mas, louvado seja o Senhor, não consultamos ninguém. Recebemos a revelação do Senhor e fomos para lá. A obra começou ali e igrejas foram levantadas, e Cristo passou a ser formado no meio deles, para que surjam vencedores. Os vencedores de outras regiões da terra precisam esperar surgir os vencedores na África para juntos sermos arrebatados. Essa revelação recebemos diretamente de Deus. Se fôssemos consultar a outros, talvez fôssemos dissuadidos.

67As Alegações de Dong Yu Lan de Ter um Encargo pela África Baseado em Sua Suposta Semelhança a um Feto

Dong Yu Lan, Alimento Diário: Os Escritos de João – As Quatro Grandes Visões de João, Semana 6, Sábado:
Além disso, ao ver o contorno do mapa da África, notamos ali um feto. E isso nos deu o encargo de ajudar esse "filho" a nascer, pela pregação do evangelho nos países da África. Quando os vencedores em toda a terra estiverem prontos, eles serão arrebatados, e nós seremos arrebatados juntos. Precisamos ter encargo pela África, para que o filho varão seja gerado, e o mais rápido possível Cristo seja formado neles também.
Dong Yu Lan, Alimento Diário: Praticando o Livro de 2 Coríntios – A Visão que Paulo Viu, Semana 8, Terça-feira:
Quando tivemos a visão de pregar o evangelho na África, não consultamos carne e sangue. Alguns até pensaram: "Da África pode sair alguma coisa? Há vencedores na África? Não precisamos ir até a África." Mas, louvado seja o Senhor, não consultamos ninguém. Recebemos a revelação do Senhor e fomos para lá. A obra começou ali e igrejas foram levantadas, e Cristo passou a ser formado no meio deles, para que surjam vencedores. Os vencedores de outras regiões da terra precisam esperar surgir os vencedores na África para juntos sermos arrebatados. Essa revelação recebemos diretamente de Deus. Se fôssemos consultar a outros, talvez fôssemos dissuadidos.

68Exemplos dos Mapas Retratando a América do Sul como um Cacho de Uvas, o Símbolo da Editora Árvore da Vida

 

69O Falar Ininterrupto do irmão Dong sobre Sua "Visão" depois que Ron Kangas Pediu-Lhe para Parar:

Dong Yu Lan, Conferência em Lima, Peru, 13 de janeiro de 2008, Mensagem 3:
Quando falamos com respeito a Apocalipse 12 no ano 2000, tivemos a revelação de duas coisas no universo: a águia e o dragão. O dragão, com sua boca aberta, estava aguardando pela águia, que representa a mulher universal, dar a luz ao filho varão a fim de devorá-lo.
Vimos que o formato do filho varão era como a África. A África se parece com uma criança sendo formada no ventre de sua mãe. Conforme o mapa múndi, cuja disposição foi feita por Deus, há um dragão no alto, abrindo a sua boca e aguardando. Isso está em conformidade com o que é dito na Bíblia: quando o filho varão for produzido, o dragão o devorará. A criança não está plenamente formada como Cristo, então ela ainda não nasceu. É como um bebê no útero da mãe: uma cabeça grande e os membros pequenos. Isso significa que, embora seja rico em seu pensamento, ele não tem nenhuma ação. Muitas igrejas são assim. Dão muita atenção às doutrinas, estão, portanto, em sua mente e suas cabeças são grandes. Têm pouca ação porque seus membros não se desenvolveram. Apenas quando seus membros estão desenvolvidos e começam a praticar, Cristo pode ser formado no ventre da mulher. Uma vez que a criança está formada, é o momento de nascer. Quando o filho varão nasceu, antes de o dragão vir devorá-lo, ele foi arrebatado aos céus.
A Bíblia nos diz que o dragão ficou enfurecido pela mulher universal e foi, portanto, tentar matá-la. Primeiro, ela fez com que a água no Mar Mediterrâneo transbordasse e inundasse a região litorânea. Por causa disso, a mulher, representando as igrejas, morreu. Graças ao Senhor, a Bíblia também nos diz que havia uma abertura. Deus fez uma abertura no Estreito de Gibraltar a fim de que a água fosse drenada para o oceano. O Mar Mediterrâneo nunca poderia ser enchido, porque havia a abertura do Estreito de Gibraltar. Quando o dragão viu que a mulher não estava morta, continuou perseguindo-a a fim de matá-la.
Então, a grande águia deu à mulher suas duas asas. A águia deve representar os Estados Unidos, porque a águia é o símbolo dos Estados Unidos. Dessa forma, a mulher recebeu ajuda da águia. No mapa, os Estados Unidos inteiro se parece com uma águia, não voando, mas pousando. E ela está pousando onde estamos, a América do Sul. Esse é o motivo de, na Bíblia, Deus prometer a grande tribulação não vir sobre nós na América do Sul. Deus a sustentará por quarenta e dois meses: isto é, três anos e meio. Essa terra, o deserto, foi dada à mulher universal. Recebendo essa visão, de que a América do Sul deve pertencer à mulher universal, a igreja, nós fomos a todas as cidades pregar o evangelho...
Clique no ícone para ouvir um trecho do áudio desta mensagem.
A "visão" do irmão Dong sobre Apocalipse 12 é considerada por seus cooperadores "a visão da era":
A visao da era – A visao de Apocalipse 12. Todos os membros, principalmente os de 1 talento, se levantaram para a expansão. A Africa foi alcancada. A visao nos deu coracao para fazer a vontade eterna de Deus e propagar o evangelho do reino! (E-mail de Cezar Menegucci para uma lista de destinatários oculta, 28 de julho de 2008)
No Estudo-Vida de Apocalipse, o irmão Lee mencionou seu sentimento que o deserto em Apocalipse 12 pode ser os Estados Unidos:
Alguns podem perguntar o que é o deserto. Não posso responder a essa pergunta definitivamente, mas tenho minha própria percepção do que ele possa ser. Embora eu não queira interpretar esse versículo, estou disposto a compartilhar com vocês minha percepção do que seja o deserto. Desde seu início, os Estados Unidos têm sido uma terra para a qual as pessoas, que almejam uma consciência livre com respeito a Deus, podem fugir. Todos nós estamos familiarizados com a história do Mayflower. Os peregrinos fugiram da perseguição e escaparam para os Estados Unidos. Por mais de trezentos anos, a América tem sido usada por Deus como um refúgio para os Seus foragidos. O símbolo desse país é uma águia. Quando sobrevém a perseguição, muitos do povo de Deus podem fugir para os Estados Unidos de avião. Aleluia! Haverá um deserto na terra para os foragidos de Deus! Mesmo hoje, os Estados Unidos ainda são um refúgio para os foragidos. (Estudo-vida de Apocalipse, pp. 523-524)
A menção pelo irmão Lee desse assunto foi incidental em relação ao seu principal encargo, que era mostrar a necessidade de o povo de Deus, como a mulher, receber a transmissão de Cristo, para que o filho varão como os santos vencedores, a parte mais forte da mulher, pudesse ser produzido para a derrota do inimigo de Deus. Ele despendeu muito mais tempo na maneira de se tornar uma parte do filho varão do que sobre a identidade do deserto. O irmão Dong, por outro lado, tem feito de sua interpretação do deserto como a América do Sul uma peça central do seu falar por vários anos, ao passo que tem negligenciado os princípios espirituais relacionados ao testemunho de Jesus exibido em Apocalipse 12.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário